Agro e Campo

Gato persa: conheça um pouco da raça

Por conta de alguns gatos fora do padrão, os Persas ganharam fama de terem a saúde frágil. Mas há um cuidado básico necessário que o tutor deve ter para garantir a saúde do animal. “É muito importante oferecer alimentação super premium. A boa saúde começa pela alimentação. Sem os devidos cuidados e devido ao tamanho e formato de seus olhos, os persas podem apresentar lacrimejamento excessivo, problemas odontológicos e de pele” diz.

Alguns problemas comuns aos gatos Persas são os relacionados à visão, problemas odontológicos, renais, respiratórios e dermatológicos.

Os cuidados, além da alimentação, são os básicos para qualquer gato. A frequência vai depender de indivíduo para indivíduo. Veja alguns itens para prestar atenção:

  • escovação do pelo
  • corte das unhas
  • limpeza de orelhas e olhos regularmente
  • oferecer água sempre limpa e fresquinha

“Não há dúvidas que essa manutenção quando feita diariamente, contribua para que os gatinhos estejam sempre impecáveis e livres de problemas como nós e manchas na região dos olhos, causadas por lacrimejamento excessivo”.

Temperamento

Os gatos Persas são silenciosos. Vocalizam muito pouco e quando o fazem, seus miados são muito curtos e baixos. São extremamente meigos e carinhosos, apegam-se com muita facilidade ao dono. Quando filhotes são brincalhões e muito fofos. Depois de adulto, tendem a ficar muito tranquilos. São muito companheiros e convivem facilmente com outros animais.

Apesar de alguns terem fama de rabugentos, muitos amam abraços e lambeijos.

O mais importante para ter em mente é: se você quer ter um gato Persa, você deve ter tempo para seu gatinho. E sempre ter em mente que o gato manda na casa. “O Persa precisa de tempo e de atenção, pois gosta de dar e receber carinho. Precisa de um ambiente seguro, impedindo acesso à rua ou mesmo casa do vizinho” finaliza.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.