Pular para o conteúdo

Como Consultar FGTS pelo CPF?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um benefício de grande importância para os trabalhadores brasileiros que têm carteira assinada. Todos os meses o contratante deposita 8% do salário em uma conta de FGTS e saber como consultar FGTS pelo CPF é muito importante para ter o devido controle. 

Publicidade

Afinal, por mais que a empresa seja de confiança, pode ocorrer algum erro e você ficar sem o depósito do mês, algo que no longo prazo fará muita diferença. Além disso, acompanhar o saldo é interessante para que você entenda como funciona e tenha maior controle de suas finanças.

Entretanto, sabemos que nem todo mundo sabe como consultar FGTS pelo CPF. Por isso, pensando em te ajudar, preparamos o post de hoje com um passo a passo simples e eficiente. Com isso, terá maior controle sobre os valores e, consequentemente, de sua vida financeira. Vamos lá?

Cadastro no site da Caixa Econômica Federal

Primeiramente, se você ainda não tem um cadastro, você precisará criar um. Acesse o site da Caixa e procure pela opção de cadastro. Será necessário informar o seu CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail. Em seguida, você criará uma senha de acesso. 

Publicidade

Mas, lembre-se de escolher uma senha forte para garantir a segurança das suas informações. Depois de preencher as informações, a Caixa irá enviar um e-mail para validar o seu cadastro. Verifique sua caixa de entrada e clique no link enviado para finalizar o processo.

Como consultar FGTS pelo CPF? 

Com o cadastro validado, você pode agora acessar o sistema. O processo é bem simples e rápido, principalmente porque você já fez seu registro anteriormente. Sendo assim, confira abaixo o passo a passo:

  • Acesse o site da Caixa Econômica Federal;
  • No topo do site, clique na opção “Benefícios e Programas”.;
  • No dropdown que aparece, escolha a opção “Benefícios do Trabalhador”;
  • Na página que aparece, procure por FGTS no menu de opções;
  • Na página do FGTS, clique em “Consultar Extrato do FGTS”;
  • Você será redirecionado para uma nova página onde será solicitado a inserir o número do seu NIS (Número de Identificação Social), PIS (Programa de Integração Social) ou PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e a sua senha internet;
  • Caso ainda não tenha uma senha internet, você pode clicar em “Cadastrar/Esqueci Senha” e seguir as instruções para criar uma nova;
  • Depois de inserir suas informações, você será capaz de visualizar o saldo do seu FGTS.

Como consultar FGTS pelo CPF no App?

Outra opção é baixar o aplicativo FGTS na loja de aplicativos do seu celular. O processo de cadastro e acesso é semelhante ao do site. No aplicativo, você também poderá acompanhar os depósitos feitos em sua conta de FGTS. Sendo assim, confira abaixo o passo a passo: 

  1. Baixe o aplicativo: Primeiro, você precisará ter o aplicativo “FGTS” instalado no seu celular. Ele está disponível para download na App Store (para usuários de iPhone) e na Google Play Store (para usuários de Android).
  2. Cadastre-se no aplicativo: Depois de instalar o aplicativo, você precisa abrir o aplicativo e clicar em “Cadastre-se”. Será necessário fornecer algumas informações, como seu nome, data de nascimento, CPF e e-mail. Além disso, você terá que criar uma senha.
  3. Confirme o cadastro: Um link de confirmação será enviado ao seu e-mail. Clique neste link para confirmar seu cadastro.
  4. Acesse a conta: Depois de confirmar seu cadastro, você pode entrar no aplicativo usando seu CPF e a senha que criou.
  5. Consulte seu saldo FGTS: Na tela inicial do aplicativo, você verá a opção “FGTS”. Clique nela para ver o saldo do seu FGTS. A informação estará atualizada e você poderá verificar o saldo de todas as suas contas do FGTS, ativas e inativas.
  6. Extrato FGTS: Você também tem a opção de verificar o extrato do seu FGTS, onde poderá ver todos os depósitos feitos na sua conta do FGTS. Para isso, basta clicar em “Extrato FGTS” no menu do aplicativo.

Lembre-se de que somente o trabalhador tem acesso a essas informações. Portanto, nunca compartilhe sua senha com terceiros. Além disso, é importante verificar regularmente se os depósitos estão sendo feitos corretamente pelo seu empregador.