Pular para o conteúdo

Como Transferir Pontos da CNH?

Em uma sociedade cada vez mais motorizada, a CNH é mais do que um simples documento: ela é uma espécie de “passaporte” para a mobilidade e, por vezes, até para o emprego. No entanto, é comum que condutores se deparem com infrações de trânsito e precisem transferir pontos da CNH.

Publicidade

Afinal, a acumulação desses pontos pode levar a uma série de penalidades, inclusive à suspensão do direito de dirigir. Nesse sentido, é possível fazer a transferência de forma totalmente legal, mas sabemos que não é todo mundo que sabe como fazer isso.

Então, pensando nisso, neste artigo, iremos explicar como transferir pontos da CNH, informando quando essa opção é viável e quais são os procedimentos necessários para efetivá-la. Acompanhe-nos nessa jornada informativa e esclareça suas dúvidas.

Quando é Possível Transferir Pontos?

Antes de mais nada, é crucial entender quando a transferência de pontos é possível. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, a transferência de pontos da CNH pode ocorrer quando o infrator não é o titular do veículo.

Publicidade

Isto é, se uma pessoa dirige um carro que não está em seu nome e comete uma infração, o proprietário do veículo é inicialmente responsável pelos pontos, mas pode solicitar a transferência para o verdadeiro infrator.

Como transferir pontos da CNH?

Confira abaixo o passo a passo de todo o processo de transferência de pontos da CNH:

Identificação do Infrator

O primeiro passo para a transferência de pontos é identificar o verdadeiro infrator. Esta etapa envolve o preenchimento de um formulário disponível nos departamentos de trânsito (Detran) estaduais ou nos sites correspondentes.

Ambas as partes envolvidas devem estar de acordo e fornecer suas informações, além de assinaturas.

Documentação Necessária

O segundo passo é reunir a documentação necessária. Geralmente, são exigidas cópias dos seguintes documentos:

  • CNH do verdadeiro infrator;
  • Documento de identificação do proprietário do veículo;
  • Comprovante de endereço de ambas as partes;
  • Cópia do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV);
  • Formulário de identificação do infrator, devidamente preenchido e assinado.

Protocolo e Prazos

Com a documentação em mãos, o próximo passo é protocolar o pedido de transferência de pontos no Detran responsável pela autuação. Fique atento aos prazos, que variam de acordo com o estado e o tipo de infração. Não cumprir o prazo estipulado pode resultar na impossibilidade de transferir os pontos.

Publicidade

Confirmação

Após o protocolo, o Detran analisará o pedido e, se tudo estiver correto, procederá com a transferência dos pontos para a CNH do infrator identificado. Em alguns casos, pode ser necessária uma audiência ou apresentação de provas adicionais para confirmar a identidade do verdadeiro infrator.

Consequências da Não-Transferência

A não-transferência dos pontos pode levar a uma série de consequências negativas para o proprietário do veículo, incluindo a suspensão do direito de dirigir e até mesmo a apreensão do veículo em situações mais graves.

Além disso, os pontos acumulados podem impactar o valor do seguro do veículo e outros aspectos relacionados à habilitação.

Como Transferir Pontos da CNH por Diversos Meios

Pelo Aplicativo

  1. Download e Login: Baixe o aplicativo do Detran de seu estado e faça o login usando suas credenciais.
  2. Localize a Infração: Vá até a seção de “Infrações” e encontre a multa em questão.
  3. Indicação do Infrator: Selecione a opção para indicar um novo condutor e siga as instruções para preenchimento dos dados.
  4. Envio de Documentos: Tire fotos ou faça o upload dos documentos necessários diretamente pelo aplicativo.
  5. Confirmação: Após o envio dos documentos e informações, aguarde a notificação de que a transferência foi bem-sucedida.

Como Transferir Pontos da CNH Via Correios

  1. Formulário: Preencha o formulário de identificação do infrator, que pode ser baixado do site do Detran ou adquirido em uma unidade física.
  2. Documentos: Junte os documentos exigidos, como cópias das CNHs do proprietário e do infrator, e o CRLV do veículo.
  3. Envio: Coloque tudo em um envelope e envie para o endereço indicado pelo Detran. Lembre-se de que o envio deve ser feito dentro do prazo estipulado para a transferência de pontos.
  4. Acompanhamento: Utilize o código de rastreio para monitorar a chegada de sua correspondência.

Pessoalmente

  1. Agendamento: Marque um horário no Detran mais próximo, se necessário.
  2. Documentação: Leve todos os documentos exigidos, devidamente preenchidos e assinados.
  3. Protocolo: Ao chegar ao Detran, dirija-se ao setor responsável e faça o protocolo do pedido.
  4. Aguarde: O processo será analisado e, se aprovado, os pontos serão transferidos para a CNH do verdadeiro infrator.

Como Transferir Pontos da CNH Pela Internet

  1. Acesso ao Site: Entre no site oficial do Detran de seu estado e localize a seção de “Serviços Online”.
  2. Autenticação: Faça login ou cadastre-se, conforme necessário.
  3. Escolha a Opção: Vá até a opção de “Transferência de Pontos” ou “Indicação de Condutor”.
  4. Formulários e Documentos: Preencha os formulários online e faça o upload dos documentos necessários.
  5. Submissão: Submeta o pedido e aguarde a confirmação via e-mail ou no próprio portal.

O processo de transferência de pontos da CNH, embora por vezes burocrático, é uma ferramenta importante para garantir que o verdadeiro infrator seja responsabilizado. Ignorar essa opção pode resultar em penalidades severas para o proprietário do veículo.

Portanto, é crucial estar informado e agir proativamente para resolver tal situação, contribuindo para um trânsito mais justo e seguro para todos.

Ficou com dúvidas ou quer saber mais? Consulte o Detran de seu estado e busque orientação legal sempre que necessário.